8 de jan de 2013

JOE COCKER - YOU CAN LEAVE YOUR HAT ON

 
Um dos melhores filmes românticos: "Nove Semanas e Meia de amor", de 1986!
, um mito do cinema erótico,
 com a mulher mais sexy do cinema, Kim Basinger 
e com Mickey Rourke como protagonistas.
O filme é épico. 
Perfeito!..com música inesquecível!

A história dos "dream catchers"




"Os sonhos desempenhavam um papel fundamental na vida dos Ojibwe. Para este povo que vivia na região dos Grandes Lagos americanos e que hoje também se espalha por outras regiões do Novo México, aprender a decifrar as mensagens reveladas nos sonhos era a tarefa mais importante que as pessoas tinham durante a sua passagem pela Terra. Por causa disto, o dream catcher, era uma ferramenta essencial.

O filtro de sonhos, como ficou conhecido em português, na verdade, não é um filtro, é uma teia. Os Ojibwe acreditam que, quando a noite cai, o ar se enche de sonhos, bons e ruins. Alguns destes sonhos, mesmo sendo pesadelos, podem conter uma mensagem importante do Grande Espírito para nós. Então, na verdade, estes sonhos são bons sonhos. Mas existem muitos outros sonhos e energias ruins flutuando à nossa volta e que não são nossos. Estes é que podem nos fazer mal. É justamente, para separar estes sonhos e energias ruins que existem os dream catchers.

A tradição manda que as teias coloridas sejam penduradas sobre o berço dos bebês e a caminha das crianças. Os sonhos bons, sabendo exatamente aonde ir, conseguem passar pelo buraco central da teia, ao passo que os sonhos ruins ficam perdidos e acabam presos nos fios. Quando os primeiros raios de sol surgem, os sonhos maus desaparecem. Os círculos são feitos com ramos flexíveis de salgueiros e revestidos com tiras de couro.

Uma pena é colocada no centro, representando o ar ou a respiração, essencial para a vida. O bebê, observando a pena dançar ao vento, aprende uma lição sobre a importância do ar. Além disto, a pena de coruja, feminina, simboliza a sabedoria. A pena de águia, masculina, serve para dar coragem.

Para captar os sonhos dos adultos, os dream catchers são trançados em fibra e não com ramos de salgueiros. Por isso são mais resistentes."

 



 

Parabéns fotógrafos!


Fotografar, é uma forma, de arte...
Imortalizar momentos...
Registar a realidade...
É uma forma de viver!
Captar, o que os outros, não vêm...
Descobrir, em qualquer lado, ou em qualquer coisa,
a beleza de tudo, que para muitos, pode não ser nada!
"Uma imagem vale mais do que mil palavras!" Confúcio
...oxalá, esse bichinho da fotografia, nunca morra em mim, pois faz-me perceber que o mundo, é muito mais, para além do que se vê!
A fotografia basta-se a ela própria...
embora não haja nenhuma que seja a melhor, pois as que ainda não tiramos, podem sempre ser as melhores...é um constante desafio e descoberta!
A fotografia, é igual a um, sentimento incondicional...
...visível no resultado, a forma como o fazemos!
A fotografia, ajuda-nos a fazer escolhas...umas melhores, do que outras!
O importante é praticarmos...
e mantermos viva, essa forma de comunicação e interacção com o mundo!

Em 2013, fotografem muito, vale a pena!

(*Mi Céu)



Pablo Picasso sobre a fotografia:

''Quando vemos o que pode ser expresso pela foto, 
nos damos conta de que tudo aquilo não pode mais ser 
preocupação da pintura... 
Por que o artista insistiria em realizar aquilo que, com a 
ajuda da objetiva, pode ser tão bem feito? 
Seria uma loucura, não? A fotografia chegou na hora certa 
para liberar a pintura de qualquer literatura, anedota e 
arte do tema. Em todo caso, um certo aspecto do tema 
pertence, daqui por diante, ao campo da fotografia... 
Não deveriam os pintores aproveitar sua liberdade reconquistada para fazer outra coisa? Seria muito curioso fixar fotograficamente, não as etapas de um quadro, mas suas metamorfoses. Talvez percebêssemos por quais caminhos o cérebro envereda para a concretização de seus sonhos. Entretanto, é realmente muito curioso observar que, no fundo, o quadro não muda, que a visão inicial permanece quase intacta, apesar das aparências. Muitas vezes vejo uma luz e uma sombra que pus no meu quadro e empenho-me em quebrá-las, acrescentando uma cor que crie um efeito contrário. Quando essa obra é fotografada, percebo que aquilo que havia introduzido para corrigir minha primeira visão desaparece, e que, definitivamente, a imagem dada pela fotografia corresponde a minha primeira visão, antes das transformações trazidas contra minha vontade.''

Uma doce noite!




 

Uma música linda...
cantada por uma, verdadeira deusa, da música!
A "caboverdiana do mundo", Cesária Évora!
 ...reflecte a tristeza e a verdade ou não, dos sentimentos...
 Dispensa comentários.
 ...a simplicidade das palavras, diz tudo!