17 de abr de 2013

Boa noite!!

 


 
 

Os verdadeiros e os falsos

 "Descobri uma coisa recentemente: os verdadeiros amigos são aqueles que
estão a nosso lado quando as coisas boas acontecem. Eles torcem pela gente, se
alegram com nossas vitórias. Os falsos amigos são os que só aparecem nos
momentos difíceis, com aquela cara triste, de “solidariedade”, quando na verdade
o nosso sofrimento está servindo para consolá-los em suas vidas miseráveis.
Durante a crise no ano passado, surgiram várias pessoas que nunca tinha visto, e
que vinham me “consolar”. Detesto isso."
PAULO COELHO (o zahir)

Temos pena!



"Não resisti, a tirar uma teia de aranha à escrita e fazer jus à prática do bem dizer e encanto da Língua Portuguesa!
Quem nunca conheceu alguém que em altura de aperto parecia o super homem ou a super mulher e depois na realidade descobrimos que era um homem / mulher igual a muitos outros, de carne e osso, com coração, ou não…o que interessa é que não trazia o pack dos efeitos especiais de super, ou melhor, de super descobrimos que não tem mesmo nada!
Não nos deixemos enganar pelo que nos dizem…vamos avaliando e analisando apenas pelo que vemos e constatamos e não pelo que nos dizem, sem ainda ter sido encontrado motivo aparente para tais devaneios de promessas incumpridas!
Acho que faz parte de uma tendência natural, que nós humanos temos, para ouvirmos apenas as coisas que nos parecem mais favoráveis, normalmente intimamente ligadas com o momento que estamos a viver…a famosa frase “se precisares de alguma coisa” e afins, normalmente as pessoas que as proferem com algum facilitismo e banalismo, são as que quase nada conseguem fazer…mas fica bem e é socialmente bem parecido, gritarmos aos quatro ventos frases assim que não levam a acção nenhuma…e tudo o que fica pelas palavras é insipiente, já dizia a minha avó!
Façamos mais do que o que dizemos e tenhamos palavras mais contidas na hora em que muito há e pretendemos fazer…é por aí maltinha, sempre de olho vivo e pé ligeiro!!
Ah e tal, mas parecia o dono lá do sítio e de repente desmoronou-se…pois acontece aos melhores…às vezes mais vale não ter nada mesmo logo à partida e depois vem-se a saber parecia não ter e até tinha e tal…falatórios e cusquices da grossa, enfim, coisas e loisas em tempos de crise, tudo ou quase tudo vem ao de cima…o bom e o mau e depois os floreados dos que se ocupam da cusquice e da grunhisse e tudo o mais acabado em ice ou isse…é tudo uma questão de ces ou esses! Tão bom quando nos bastamos a nós próprios, com a nossa vidinha e com as nossas próprias pirosices, é mesmo bom quando a nossa vida nos chega e não precisamos viver com a dos outros nem com promessas que sabemos nunca irão ser cumpridas, nem neste mundo nem no outro!!
Antes de se preocuparem, com o que fica bem, olhem para o espelho, talvez ajude alguma coisinha!!
E como diz o Camilo “Táse, táse” quando mal, nunca pior!"                                           Mi Céu

 

Bom dia!!

 



Boa noite!!







"Mudar e melhorar, são duas coisas diferentes." Provérbio Alemão

Uma doce noite!