31 de jan de 2013

O que fazes com o que trazes dentro de ti?


balão_interior_força_vontade 

"Era uma vez um homem que vendia balões numa praça da cidade.
Evidentemente, o homem era um bom vendedor, pois deixou um balão vermelho soltar-se e elevar-se no ar, atraindo, desse modo, uma multidão de pequenos jovens compradores de balões.
Ali perto estava um menino negro a observar o vendedor e, é claro apreciar os balões.
Depois de ter soltado o balão vermelho, o homem soltou um azul, depois um amarelo e finalmente um branco.
Todos foram subindo até sumirem de vista. O menino, de olhar atento, seguia a cada um. Ficava imaginando mil coisas, mas uma coisa o aborrecia, o homem não soltava o balão preto.
Então aproximou-se do vendedor e lhe perguntou:
- Senhor, se o senhor soltasse o balão preto, ele subiria tanto quanto os outros?
O vendedor de balões sorriu compreensivamente para o menino, rebentou a linha que prendia o balão preto e enquanto ele se elevava nos ares disse:
- Não é a cor meu filho, é o que está dentro dele que o faz subir.
Fonte: Recebido por email. Autor desconhecido.

Desde pequenos que começamos a ser programados para a vida, alguns programados para vencer, outros programados com limitações. A história destes balões, com um menino negro, serve para mostrar que neste caso ele pensava que o balão preto não subiria, talvez pela comparação das dificuldades que se vivem em África, e ele achar que terá de viver da mesma forma, transportando essa energia para o balão por analogia, pensava que o balão não subiria.

Vivemos muitas vezes com limitações e medo, ou transmitem-nos certos medos, tens de acreditar na tua força , a que está no teu interior, que é capaz de ultrapassar os maiores obstáculos, faz emergir de dentro de ti essa força e capacidade que tens dentro, tal como o balão,  é o que está dentro de ti que vai fazer com que atinjas os teus objetivos  .
Pensa:
  • Não é o tipo de transporte ou carro que tens que te leva ao destino, mas tua vontade de lá chegar.
  • Não é a roupa que usas que te carateriza, mas o teu ser.
  • Não são as ferramentas que tens que fazem o trabalho, mas a tua capacidade de as usar.
  • Não é um curso que faz o teu trabalho, mas a tua capacidade de usar os conhecimentos."

Bom dia!